Postagens Recentes

Armadura de Deus 

Portanto revesti-vos de toda a armadura de Deus.
         Paulo disserta a respeito da armadura de Deus no cap 6 do livro de Efésios e lá faz uma comparação com a armadura do soldado romano.
         Roma era o maior império da época com os melhores soldados que lutavam como se fossem um único homem, com estratégias de guerra sempre unidos, nunca lutando sozinhos e por vezes usando seus escudos para proteger o soldado do lado.
         Os soldados romanos lutavam por Roma e por César, o imperador romano e estavam dispostos a morrer por isto.
         No filme Gladiador, vemos o general Maximus dizendo à sua tropa que tudo que eles faziam aqui ecoaria na eternidade. Ele visavam lutar com força e honra e morriam por isto. Não apenas lutavam mas tinham ideais. Seus objetivos eram propagar Roma pois acreditavam que as nações ao redor eram obscuras e tristes e Roma era a luz.
         Desta forma a armadura romana era algo que representava força e honra.
         Quando Paulo cita a armadura de Deus, ele utiliza o termo grego PANOPLIAN, mesmo termo usado para a armadura romana. E quando o soldado vestia esta armadura, não era simplesmente uma armadura, mas era revestido da autoridade de César. Se alguém se levantasse contra um soldado romano, era como se estivesse se levantando contra o próprio César.
         Assim também Deus nos reveste com sua autoridade. Como cristãos somos revestidos da armadura de Deus, e somos chamados a ser do exército do Senhor para sermos guerreiros seus. E todo aquele que se levanta contra um servo do Senhor, se levanta contra o próprio Deus e quem se levantará contra o braço forte do Senhor?
         Deus nos reveste com sua armadura para lutarmos contra principados e potestades. Nos dá autoridade para ir em seu nome. Reveste-nos com sua salvação, justiça, verdade, preparação do evangelho fazendo-nos também conhecer sua palavra e também batalharmos em oração.
         Que sejamos revestidos com a panoplian de Deus!!


Como um resultado de uma gigantesca falta do que fazer, e com ajuda de pesquisa daquele renomado jornal científico SPY magazine (Janeiro, 1990), eu estou honrado em apresentar o estudo científico anual sobre o Papai Noel.


*Nenhuma espécie conhecida de renas pode voar

*Existem 2 bilhões de crianças (pessoas abaixo de 18 anos) no mundo. MAS, desde que Papai Noel não lida (aparentemente) com as crianças Muçulmanas, Hindus, Judias e Budistas, isto reduz a carga de trabalho para 15% do total - 370 milhões de acordo com o Bureau de Referência Populacional (PRB). Em uma média de 3,5 crianças por casa, isto são 91 milhões de lares. Vamos presumir que há pelo menos uma criança boa em cada um.

 *Papai Noel tem 31 horas de Natal para trabalhar, graças aos diferentes fusos e a rotação da Terra, presumindo que ele viaje de leste para oeste (o que parece lógico). Isto resulta em 822,6 visitas por segundo. Isto quer dizer que para cada lar cristão com uma criança boa, Papai Noel tem 1/1000 de segundo para estacionar, sair do trenó, descer a chaminé, encher as meias, distribuir os presentes restantes sob a árvore, comer qualquer petisco que foi deixado, subir de volta a chaminé, entrar de novo no trenó e ir para a próxima casa. Presumindo que cada uma destas 91,8 milhões de paradas estão distribuídas uniformemente em volta da terra (o que, é claro, nós sabemos ser falso, mas considerando para propósitos de cálculo), nós estamos falando de aproximadamente 1,25 km por lar, num total de 120,8 milhões de kms

*Isto significa que o trenó do Papai Noel está se movendo a 1.040 km por segundo.

*A carga sobre o trenó é outro elemento interessante. Presumindo que cada criança não ganhe nada mais que um pacote médio de lego (1 kg), o trenó está carregando 321.000 toneladas, sem contar Noel, que é invariavelmente descrito como obeso. Na terra, renas convencionais podem puxar nada mais que 150 kg. Mesmo assumindo que as .renas voadoras. (ver ponto #1) possam puxar DEZ VEZES a carga normal, nós não podemos fazer o trabalho com oito nem nove. Nós precisamos 214.200 renas. Isto aumenta a carga - sem contar o peso do trenó - para 353.430 toneladas. 

*353.000 toneladas viajando a 1.040 km por segundo gera uma enorme resistência do ar - isto irá aquecer as renas ao mesmo nível de uma espaçonave reentrando na atmosfera da Terra. A par guia destas renas irá absorver 14,3 QUINTILHÕES joules de energia por segundo, cada uma. Em pouco tempo elas irão se tornar chamas quase que imediatamente, expondo as renas atrás delas, e criando explosões sonoras ensurdecedoras. O time inteiro de renas será vaporizado dentro de 4,26 milésimos de segundo. Noel, enquanto isso, vai ser exposto a forças centrífugas 17.500,06 vezes maior que a gravidade. Um Noel de 125 quilos seria lançado para os fundos do trenó por 2.155.007 quilos de força.


Conclusão:

         Se Noel alguma vez entregou presentes na véspera de natal, ele já está morto. Mas, mesmo assim, FELIZ NATAL!!!! Festeje esse final de ano comemorando o Cristo, Salvador e Senhor. Esse não é conto de carochinha. É a presença certa de Deus em nós.

Como morreram os Apóstolos de Jesus Cristo
André
Foi discípulo de João Batista, de quem ouviu a seguinte afirmação sobre Jesus: “Eis aqui o Cordeiro de Deus”.
         André comunicou as boas notícias ao seu irmão Simão Pedro: “Achamos o Messias” (João 1.35-42; Mateus 10.2).
         O lugar do seu martírio foi em Acaia (província romana que, com a Macedônia, formava a Grécia). Diz a tradição que ele foi amarrado a uma cruz em forma de xis (não foi pregado) para que seu sofrimento se prolongasse.

Bartolomeu
  Tem sido identificado com Natanael. Natural de Caná de Galiléia. Recebeu de Jesus uma palavra edificante: “Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo” (Mateus 10.3; João 1.45-47) Exerceu seu ministério na Anatólia, Etiópia, Armênia, Índia e Mesopotâmia, pregando e ensinando. Foi esfolado vivo e crucificado de cabeça para baixo. Outros dizem que teria sido golpeado até a morte.

Felipe
Natural de Betsaida, cidade de André e Pedro. Um dos primeiros a ser chamado por Jesus, a quem trouxe seu amigo Natanael (João 1.43-46). Diz-se que pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis.

João
     O apóstolo que recebeu de Jesus a missão de cuidar de Maria. “O discípulo que Jesus amava” (João 13.23). Pescador, filho de Zebedeu (Mateus 4.21) o único que permaneceu perto da cruz (João 19.26-27). O primeiro a crer na ressurreição de Cristo (João 20.1-10). A tradição relata que João residiu na região de Éfeso, onde fundou várias igrejas. Na ilha de Patmos, no mar Egeu, para onde foi desterrado, teve as visões referidas no Apocalipse (Apocalipse 1.9). Após sua libertação teria retornado a Éfeso. Teve morte natural com idade de 100 anos.

Judas Tadeu
Foi quem, na última ceia, perguntou a Jesus: "Senhor, por que te manifestarás a nós e não ao mundo?" (João 14:22-23). Nada se sabe da vida de Judas Tadeu depois da ascensão de Jesus. Diz a tradição que pregou o Evangelho na Mesopotâmia, Edessa, Arábia, Síria e também na Pérsia, onde foi martirizado juntamente com Simão, o Zelote.

Judas Iscariotes
   Filho de Simão, traiu a Jesus por trinta peças de prata, enforcando-se em seguida.(Mateus 26:14-16; 27:3-5).

Mateus
Filho de Alfeu, e também chamado de Levi. Cobrador de impostos nos domínios de Herodes Antipas, em Cafarnaum (Marcos 2.14; Mateus 9.9-13; 10.3; Atos 1.13). Percorreu a Judéia, Etiópia e Pérsia, pregando e ensinando. Há várias versões sobre a sua morte. Teria morrido como mártir na Etiópia.

Matias
   Escolhido para substituir Judas Iscariotes (Atos 1.15-26). Diz-se que exerceu seu ministério na Judéia e Macedônia. Teria sido martirizado na Etiópia.

Paulo
Israelita da tribo de Benjamim (Filipenses 3.5). Natural de Tarso, na Cilícia (hoje Turquia). Nome romano de Saulo, o Apóstolo dos Gentios. De perseguidor de cristãos, passou a pregador do evangelho e perseguido. Realizou três grandes viagens missionárias e fundou várias igrejas. Segundo a tradição, decapitado em Roma, nos tempos de Nero, no ano 67 ou 70 (Atos 8.3; 13.9; 23.6; 13-20).

Pedro
  Pescador, natural de Betsaida. Confessou que Jesus era “o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16.16). Foi testemunha da Transfiguração (Mateus 17.1-4).
         Seu primeiro sermão foi no dia de Pentecostes. Segunda a tradição, sua crucifixão verificou-se entre os anos 64 e 67, em Roma, por ordem de Nero.
         Pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por achar-se indigno de morrer na mesma posição de Cristo.


Simão, o Zelote

Dos seus atos como apóstolo nada se sabe. Está incluído na lista dos doze, em Mateus 10.4, Marcos 3.18, Lucas 6.15 e Atos 1.13. Julga-se que morreu crucificado.

Tiago o maior
Filho de Zebedeu, irmão do também apóstolo João. Natural de Betsaida da Galiléia, (Mateus 4.21; 10.2). Por ordem de Herodes Agripa, foi preso e decapitado em Jerusalém, entre os anos 42 e 44.

Tiago, o menor
   Filho de Alfeu (Mateus 10.3). Missionário na Palestina e no Egito. Segundo a tradição, martirizado provavelmente no ano 62.

Tomé
Só acreditou na ressurreição de Jesus depois que viu as marcas da crucificaçã o (João 20.25). Segundo a tradição, sua obra de evangelização se estendeu à Pérsia (Pártia) e Índia. Consta que seu martírio se deu por ordem do rei de Milapura, na cidade indiana de Madras, no ano 53 da era cristã.
.
         



Segundo a bíblia, o morcego é uma ave ?



Levítico 11,13-19

13.E, das aves, estas abominaveis; não comerão,serão abominação: a águia, e o quebrantosso, e o xofrango,
19. e a cegonha, e a garça segundo a sua espécie, e a poupa, e o morcego.


Alguns críticos afirmam que a bíblia contém erros  científicos, e uma dessas afirmações é a velha história dos morcegos.
Como todos sabem a cerca de 1445-1405 a.C. Animais tinham certas classificações, que hoje em dia ganharam novas classificações graças a ciência moderna.
Naquela época "ave" era usado para classificar animais voadores, então morcegos e alguns insetos eram considerados aves.
É tudo questão de nomenclatura, de época e da forma de se classificar.
O  gozado é que tais críticos, procuram mostrar o erro 'ERRO' da bíblia, mas não mencionam que o famoso sábio Arístoteles, que muitas fezes defendem, também fazia tal afirmação.
Para Aristóteles, a classificação era outra.
Os animais seriam: terrestres, aquáticos e aéreos (ou voadores, da mesma forma que voadores significaria "ave"). Nessa classificação, a baleia seria um animal aquático e não um "mamífero" e o morcego seria um animal "aéreo" ou uma "criatura voadora", "ave", como a bíblia diz.

Antigamente, os animais ALADOS eram classificados como "AVES", indistintamente, fossem mamíferos ou ovíparos.

DEUS não quis entrar em PORMENORES CIENTÍFICOS com um povo antigo. O Todo-Poderoso quis apenas deixar claro que NÃO era bom que os israelitas CONSUMISSEM A CARNE de certos animais, como o MORCEGO por exemplo, considerado IMPURO.



.


































































Deus em primeiro lugar na nossa Vida!

























cuidado



















LOGO LOGO + imagens ...
Free Jesus MySpace Cursors at www.totallyfreecursors.com

A Serviço do Rei

Tradutor -Translator


English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

siga-nos

clique na imagem para comentar o blog

Mural de Recados

visitas


Contador gratis

Leitores Onlines pelo Mundo

Seja Parceiro do ASR



SEJA PARCEIRO CLIQUE AQUI PARA ESCOLHER O BANNER

Parceiros

Somos Web Missionários

Site de um Amigo

blog do meu amigo Alan do metal download de tudo é aki

Somos Membros

União de Blogueiros Evangélicos

copie
e adicione no MSN